Seguidores

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

A parte ridícula do natal



- Pai, olha a prenda que recebi!
- Já vejo,  estou a responder a uma mensagem de um cliente

- Filho o que queres comer.
- Mãe ainda não acabei de fazer todos os telefonemas, daqui a uma hora janto.

-Vens brincar comigo.
-Ainda falta enviar as boas festas a oitenta pessoas, já vou.


Nunca percebi como é que certas pessoas passam a noite de natal agarrados ao telemóvel, a responder a mensagens ou a fazerem telefonemas, quando na maioria das vezes as mensagens de boas festas são dadas a amigos de ocasião e de circunstância, amigos deste ano e não para uma vida. 
Não brincar com os filhos; não dão atenção aos pais e as avós; quase não falam com a sobrinha que foi passar o natal lá a casa; tudo para responder e dar a boas festas a todos...Estranho natal vivem essas famílias.

Feliz Natal ....

6 comentários:

  1. Feliz Natal, sem telefonemas e sms a interromper :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Redondo,

      Espero que tenha tido um excelente natal.

      Eliminar
  2. Uau!
    Bem dito, aliás, bem escrito.
    Boas Festas Tiago, que o pai Natal traga muitos e bons livros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Teresa,

      Obrigada pelas palavras.
      Espero que o seu natal tenha sido bom. Quando existem crianças, geralmente são sempre bons. Sei que é o seu caso.
      Continuação de boas festas.

      Eliminar
  3. Ridículo até é dizer pouco, mas concordo a 100%! :)

    FELIZ NATAL para ti! :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Teté,

      Estes exemplos que dei são o reflexo da sociedade consumista no seu melhor.
      Continuação de boas festas.

      Eliminar